11 dez

Dicionário do e-commerce: termos que você precisa dominar!

Se você é novo no ramo do e-commerce, seja na fase de planejamento da loja virtual ou já em atuação, é importante estar por dentro da linguagem usada nesse tipo de mercado. Por isso, montamos uma espécie de “dicionário do e-commerce”, com os principais termos e expressões. Pronto para começar a estudar?

Dicionário do e-commerce: de A a Z

AdWords

É o principal serviço de publicidade da Google. Funciona da seguinte maneira: quando um usuário pesquisa por um determinado produto, o Google pode sugerir o site de uma loja virtual que tenha contratado esse tipo de publicidade. O objetivo é gerar tráfego para seu e-commerce, ou seja, atrair mais visitas e, consequentemente, fazer sua loja vender mais.

É um tipo de publicidade bastante comum na internet. São os anúncios que ficam, normalmente, no topo ou na lateral das páginas. O conteúdo não necessariamente precisa ter ligação com o site. É uma área destinada a comercialização de propaganda.

Bounce Rate

A expressão “bounce rate” também é conhecida como “taxa de rejeição”, e é usada para analisar o tráfego web. Isto é, mostra a porcentagem de visitantes que entram no site, mas vão embora logo depois. Cada vez que uma pessoa faz isso, é contabilizada uma rejeição para o seu site.

Busca orgânica

É o sonho de consumo de todo empresário do e-commerce: é quando o visitante encontra um site por meio de uma pesquisa no Google, por exemplo. A melhor parte disso, é que essa forma de atrair visitantes é totalmente gratuita.

Business-to-Business (B2B)

Nada mais é do que uma empresa de e-commerce que vende para outras empresas.

Business-to-Consumer (B2C)

Nesse caso, em vez do cliente ser outra empresa, é o consumidor final.

Call-to-Action (CTA)

São textos que fazem chamada para determinada ação. Por exemplo, quando você sugere para que o visitante compartilhe a sua página nas redes sociais, cadastre-se na newsletter e etc.

Chargeback

Refere-se ao cancelamento de uma compra realizada com cartão de crédito ou débito em uma loja virtual. Geralmente, isso acontece quando o titular do cartão não reconhece a compra. Nesse caso, a compra é considerada inválida e o lojista não recebe o valor.

Click Stream

Click Stream ou “rastro de cliques” está associado à prática de analisar o comportamento do visitante em determinado site. Em outras palavras, é conhecer a sequência das páginas que ele visitou.

E-Sedex

Serviço oferecido pelos Correios exclusivamente para a entrega de mercadorias adquiridas através de lojas virtuais.

FAQs (Frequently Asked Questions)

Sabe aquelas dúvidas mais frequentes feitas pelos visitantes ou clientes? Elas são conhecidas como “FAQs”. Para facilitar a vida do consumidor e descongestionar a central de atendimento da sua loja, uma solução muito usada é a criação de uma página com as respostas das principais perguntas.

Gateway de Pagamento

É um serviço para lojas virtuais mantido por uma operadora financeira. Ela é responsável por autorizar os pagamentos de transações entre os clientes e o e-commerce.

Heavy-user

O termo é usado para se referir a usuários “viciados”, isto é, que fazem muito uso de determinado produto, marca ou serviço. São uma espécie de “conhecedores profundos”.

HTML

É uma linguagem de códigos bastante popular, usada para criar sites e utilizada por programadores profissionais.

Inbound Marketing

É uma estratégia de marketing que usa conteúdos como blogs, podcast e vídeos para atrair possíveis clientes. Por exemplo, se você tem uma petshop e cria um blog com dicas sobre pets, isso pode ser chamado de Inbound Marketing.

Keyword

Quer dizer palavra-chave. Elas são fundamentais para atrair novos visitantes por meio dos sites de pesquisa, como o Google.

Mobile Marketing

São ações de marketing estratégicas e focadas em dispositivos móveis, como smartphones.

Sabe aquelas janelinhas que se abrem sozinhas no navegador quando você acessa um site? Essas são as pop-ups! É uma estratégia de marketing, no entanto, deve ser usada com cautela para não se tornar invasiva.

SEO (Search Engine Optimization)

São estratégias de marketing específicas com o objetivo de melhorar o posicionamento de uma página nos sites de buscas, como o Google.

Site responsivo

É um site que se adapta automaticamente aos diferentes navegadores e dispositivos. Por exemplo, um site que pode ser visualizado perfeitamente através de um computador ou smartphone, sem que o layout seja prejudicado.

Taxa de conversão

É o cálculo que ajuda o empresário a mensurar se os investimentos se transformaram em vendas. Por meio da taxa de conversão é possível descobrir, por exemplo, se determinada campanha publicitária ou ação de marketing deu resultados positivos.

URL (Uniform Resource Locator)

É o endereço de um site ou página. Cada link de uma loja virtual possui uma URL específica.

View

View significa “visita”. Isso, na internet, refere-se a cada acesso de um internauta ao seu site.

Depois dessa leitura, deu para ficar por dentro da língua de negócios online? Se você aprovou o nosso dicionário do e-commerce, então compartilhe esse texto com quem você conhece! Até a próxima!

Não perca nossas novidades

Assine nosso blog e receba novidades diretamente em seu e-mail.

Deixe Seu Comentário